O que tem na minha casa - Sapo Cururu

Então, como esse ano decidi me dedicar mais ao lar, passei a explorar o pequeno universo que tenho em minha casa, retomar a curiosidade sobre as pequenas e singelas coisas que nos rodeiam, assim como se faz na infância, porém sempre alinhada com o conhecimento científico. 


Nesse atividade, plantas, animais e toda a diversidade de entes que encontrar na minha casa postarei algo nessa nova série do Blog denominada o que tem na minha casa. Essa semana foi a vez do sapo.

SAPO-CURURU (RHINELLA ICTERICA)

Reino:
Animallia

Filo:
Cordados

Classe:
Lissamphibia

Ordem:
Anura

Família:
Bufonidae

Gênero:
Rhinella

Nome Científico/Espécie:
Rhinella icterica

Nome Popular:
Sapo-cururu

Curiosidade sobre os nomes: rã, sapo e perereca
A Língua Portuguesa falada em Portugal apresenta, oficialmente, apenas os termos sapo e rã. A palavra perereca, que foi incorporada ao português falado no Brasil, vem da língua indígena tupi-guarani e significa andar aos saltos. O termo era empregado, de forma genérica, pelos índios para designar os anfíbios. Com o passar do tempo, o termo perereca passou a ser empregado pela população em geral para designar somente aqueles anfíbios anuros dotados de discos aderentes na ponta dos dedos, que servem para escalar árvores e paredes.

Alimentação:
Insetos, lesmas e pequenos ratos. Os girinos alimentam-se de matéria em suspensão na água e na superfície de pedras e plantas submersas. Um único sapo adulto pode devorar 10 mil insetos em três meses.

Reprodução:
Ocorre de agosto a janeiro, o principal período de desova. As desovas são realizadas em lagoas temporárias e permanentes. Os ovos são escuros e ficam protegidos num cordão gelatinoso com alguns metros de comprimento junto à vegetação aquática.

Características:
Sapo de grande proporção, o macho mede entre 100 a 130 mm e a fêmea 110 a 140 mm. Sua defesa é inflar o corpo e também se camuflar.

Habitat:
Tem hábitos florestais, mas consegue sobreviver em áreas desmatadas e campos, e também em áreas habitadas.

Atividade:
Possui hábitos diurnos.

Referências:

http://www.planetvet.com.br/animal/sapo-cururu-rhinella-icterica/

http://www.ra-bugio.org.br/downloads/cartilha_anfibios.pdf


Nenhum comentário:

Postar um comentário