Ciência ou arte? Belas Ilustrações de animais feitas a mais de 170 anos

Algo semelhante a uma raposa Fennec (descrito como um "cachorro orelhudo," topo), e algo semelhante a uma hiena. ( Biodiversity Heritage Library )

Publicado em 1844, o Atlas de Zoologie: ou coleção de 100 planches contém ilustrações de um grande número de criaturas, algumas das quais já não existem mais neste planeta. Entre eles está o thylacines listrado, marsupial carnívoros que foi extinto quando o último exemplar conhecido morreu em um zoológico da Tasmânia em 1936.


Há também um pássaro Dodô Glorioso, embora não seja imediatamente claro como isso é possível  uma vez que estas aves morreram pelo menos um século antes da publicação do livro.
O pássaro Dodô agora extinto, um ex-habitante das ilhas Maurício. ( Biodiversity Heritage Library )

Vários artistas produziram as ilustrações para este volume, que complementa uma série de 60 partes onde se descreve uma multidão de habitantes da Terra. Algumas das criaturas são facilmente reconhecíveis, e outros, nem tanto. Os desenhos abrangem os reinos da vida na Terra e incluem também corais aquáticos, peixes estranhos e até um macaco do Velho Mundo.
Macroscelides typus , agora conhecido como M. proboscideus , o musaranho elefante-do-nabal. ( Biodiversity Heritage Library )

Cynogale bennettii (em cima), uma algália lontra, e Bassariscus sp , um gato de cauda anelada. ( Biodiversity Heritage Library )

Tilacino, um marsupial carnívoro que foi extinto em  1936. ( Biodiversity Heritage Library )

Um kiwi ( Apteryx ) da Nova Zelândia. Estas aves têm o maior ovo: relação peso corporal. ( Biodiversity Heritage Library )

Você pode visualizar e baixar todo o volume aqui, a partir do Patrimônio da  Biblioteca da Biodiversidade, que mantém um acervo digital.

Fontes: http://www.wired.com/
http://biodiversitylibrary.org/

Nenhum comentário:

Postar um comentário