Flor de Lótus - tatuagens e seus significados


Quem já observou uma flor de lótus emergindo de uma lagoa escura não pode deixar de ver a beleza dessa planta.

O fundo da lagoa suja se contrapõe ao aspecto de pureza da flor.

Devido a isso a flor de lótus tem sido associada à pureza e beleza nas religiões do budismo e do hinduísmo, respectivamente.  Os estudiosos do Egito Antigo observaram que no  que no período noturno o lótus fechava suas flores e afundava na água, assim  veio uma associação diferente,  com a flor relacionada  ao renascimento e ao Sol. Na realidade, a Lotus lentamente emerge de uma lagoa ao longo de um período de três dias e depois floresce no período da manhã até meio da tarde.

Flor de Lótus sendo oferecidas ao deus Toth.

Portanto, pode-se supor que o significado da flor de lótus é diferente entre as culturas, embora na verdade eles compartilham muitas semelhanças.

Deste modo vamos analisar a raiz dos significados dessa flor tão tatuada atualmente na civilização antigas do Egito, para os budistas e para o Hinduísmo.

Significado da flor de lótus para os antigos egípcios

Qualquer pessoa que tenha olhado para a cultura egípcia não pode deixar de ter notado a importância do significado da flor de lótus nela.

No antigo Egito, havia dois tipos principais de flor de lótus, o branco e o azul. Também podemos perceber nas inscrições egípcias que a flor foi introduzida no final dessa civilização e tem a sua varável azul mais retratada.

Como mencionamos no início desse texto, os egípcios associavam a flor de lótus ao sol, pois esse também desaparece na noite, apenas para ressurgir na manhã seguinte. Portanto, a Lotus passou a simbolizar o Sol e a criação. Em muitos hieróglifos a lótus é retratada como emergindo de Nun (a água primordial) com o deus do sol.

Se ela é associada ao  renascimento, não é nenhuma surpresa que a flor de lótus é também seja associada à morte, e, o famoso livro egípcio dos mortos é conhecido por incluir feitiços que são capazes de transformar uma pessoa em uma flor de lótus, permitindo assim uma ressurreição .

Outro fato interessante sobre o significado da flor de lótus para os egípcios era a maneira que ela foi usada como um símbolo para a unificação dos dois reinos egípcios, ou seja, a união do Alto Egito e Baixo Egito. Durante muito tempo o lótus tinha sido utilizado em hieróglifos e na arte do alto Egito, enquanto que no Baixo Egito o papiro e a flor se apresentava em abundância. Portanto, imagens de lótus e do papiro que haviam crescido juntos se tornaram um símbolo da aproximação entre os dois reinos.

significado da flor de lótus no budismo

Buda sob a flor de lótus.

No budismo, a lótus é conhecida por estar associada com o despertar da pureza espiritual e fidelidade. A flor é considerada pura, pois é capaz de emergir das águas turvas de manhã e estar perfeitamente limpa. Por isso em comum com a mitologia egípcia, o lótus é visto como um sinal de renascimento, mas além disso, é associada à pureza. A quebra da superfície, todas as manhãs também é sugestiva de desejo, isto leva a flor a  ser associada com a iluminação espiritual.

Como o budismo deriva de uma parte diferente do mundo egípcio, há muitas mais cores  de lótus, para serem vistas. Portanto, não é muito surpreendente que as muitas cores diferentes têm vindo a ser associado a diferentes aspectos do Budismo. O simbolismo principal da flor de lótus e seus significados são dadas aqui:

Lótus Azul: a lótus azul é associado com a vitória do espírito sobre a inteligência, sabedoria e conhecimento. Se você ver a lótus azul na arte budista vai notar que ela é sempre retratada parcialmente aberta e o centro nunca é observado.

Lótus Branca: esta cor de lótus é conhecida para simbolizar Bodhi (ser despertado), e representa um estado de pureza mental, de perfeição espiritual, mas também está associada com a pacificação da própria natureza.  Esta lótus é considerada o "útero do mundo".

Lótus Roxa: conhecida por ser mística e está associada com seitas esotéricas. Pode ser descrita como uma flor aberta ou como uma gema. As oito pétalas da lótus roxa são representativas do nobre caminho óctuplo, um dos principais ensinamentos de Buda. Este caminho leva ao despertar do "eu" e é considerado uma das nobres verdades.

Lótus rosa: esse é a  lótus suprema e é considerada como o lótus da verdade de Buda.

Lótus vermelha: é relacionado ao coração, e o significado da flor de lótus é associado com o amor e compaixão.


A flor de lótus e seu significado no hinduísmo

Talvez uma das mais fortes associações da flor de lótus com a religião é aquela que é observada no hinduísmo. Nesta religião o significado da flor de lótus está associada a beleza, fertilidade, prosperidade, espiritualidade e eternidade.

A forma mais comum no hinduísmo é a flor de lótus branca. Muitos dos deuses e deusas do hinduísmo estão ligadas à flor, por exemplo, a deusa da prosperidade, Laxmi, geralmente é descrita como sentada em cima de uma flor de lótus completamente aberta. Da mesma forma Brahma, o deus da criação é descrito como emergindo de uma flor de lótus que paira no sustentador Vishnnu .
Brahma sob a flor de lótus.

Como a flor de lótus é capaz de emergir da água  intacta e pura,  ela representa a qualidade da sabedoria e de uma pessoa espiritualmente iluminada, representa alguém que realiza suas tarefas sem preocupação com recompensa.

É muito interessante como a flor aberta e as formas fechadas da lótus são associadas com características humanas. O broto fechado representa a alma dobrada que tem a capacidade de se desdobrar e abrir-se à verdade divina.

Referências:
http://www.bibleorigins.net/lotustreeadoredpillarmegiddo.html
http://bigaddababloo.blogspot.com.br/2009/07/origin-of-gods-vi-prajapati-brahma.html
http://www.lotusflowermeaning.net


Nenhum comentário:

Postar um comentário