Gilles Deleuze - Terça para pensar

“O fênomeno é comum: cada vez que se morre um grande pensador, os imbecis sentem-se aliviados e fazem um estardalhaço dos infernos.”
(Gilles Deleuze)

Ninguém me faz pensar de outro jeito, a Internet é uma das mais maravilhosas ferramentas de acesso ao conhecimento que o homem já inventou, pois hoje foi através dela e da rede Café História que fiquei sabendo do site Dossiê Gilles Deleuze e Félix Guattari, uma coletânea de textos e documentos sobre esses grandes filósofos da contemporaneidade, todos de acesso gratuito.


Quem ler Deleuze nunca mais verá a filosofia, a arte e a ciência da mesma forma, seu pensamento se contextualiza a década de 60 e principalmente no "ano que não terminou" (1968), como já disse em outro post, tenho saudade dessa época, de um tempo que não vivi e que a vitalidade do pensamento e ações humanas encontravam-se afloradas.

Abaixo está o link para acesso ao Dossiê. Uma boa leitura a todos.


Um comentário:

Patrícia Lara disse...

Oi, Célio!

Uau! Que dica bacana! Obrigada.
Vou lá conhecer!

Abraço,
Patrícia Lara

Postar um comentário