Tatuagens e seus significados - Símbolos do Zodíaco (signos)

Zodíaco (do latim zōdiacus, por sua vez do grego antigo ζωδιακός κύκλος, transl. zōdiakós kýklos, "círculo de animais", derivado de ζώδιον, transl. zōdion, diminutivo de ζῶον, zōon, "animal") é uma faixa imaginária do firmamento celeste que inclui as órbitas aparentes da Lua e dos planetas Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno. As divisões do zodíaco representam constelações na astronomia e signos na astrologia.

Chama-se de zodíaco o conjunto de constelações ao longo da eclíptica (o caminho aparente percorrido pelo Sol durante o ano).

As 13 constelações que compõem o zodíaco são:

* Aries, o carneiro

* Taurus, o touro

* Gemini, os gêmeos

* Cancer, o caranguejo

* Leo, o leão

* Virgo, a virgem

* Libra, a balança

* Scorpius, o escorpião

* Ophiuchus, o serpentário

* Sagittarius, sagitário, o arqueiro

* Capricornus, capricórnio, a cabra do mar

* Aquarius, aquário ou aguadeiro, o carregador de água

* Pisces, os peixes


Tradicionalmente, só doze fazem parte do zodíaco. Mas, a partir de 1930, quando a União Astronômica Internacional padronizou as constelações, Ophiuchus (onde o Sol se encontra geralmente entre 30 de novembro a 17 de dezembro, localizado entre Scorpius e Sagittarius) é incluído, e o zodíaco passa a ter 13 constelações.

Como os planos das órbitas dos planetas em torno o Sol são quase coincidentes, além do Sol, os planetas também são encontrados no zodíaco, por isso desde a antiguidade esse conjunto de constelações chama a atenção.

O conceito de zodíaco tem interpretações diferenciadas nas astrologias ocidental, chinesa e védica.

Na astrologia Ocidental, o Zodíaco é representado como uma circunferência onde estão colocados os planetas da forma como se apresentavam no céu no momento do nascimento do assunto estudado (que pode ser uma pessoa, cidade, país etc.) — o mapa astrológico da pessoa ou evento.

Os 360° (graus) da circunferência estão divididos em doze signos zodiacais (Áries ou Carneiro, Touro, Gêmeos, Câncer ou Caranguejo, Leão, Virgem, Libra ou Balança, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes) e cada um é regido por um planeta/astro (Marte, Vênus, Mercúrio, Lua , Sol, Mercúrio, Vênus, Plutão, Júpiter, Saturno, Urano e Netuno, respectivamente).

Ao mesmo tempo, este espaço também está dividido em doze casas zodiacais, cada uma relacionada a assuntos específicos da vida analisada. Cada uma destas casas também é relacionada ("regida por") a um dos signos acima. As casas representam as 24 horas do dia.

No mapa astrológico de uma pessoa ou evento, o signo que ocupa a cúspide de cada casa, isto é, que está "passando" sobre cada casa, depende do horário e local de seu nascimento. Por exemplo: se a pessoa nasceu ou o evento aconteceu, entre 4h e 6h no Rio de Janeiro, Brasil, a casa 1 estará em Áries. Entre 2h e 4h, será Touro, e assim por diante.

O signo na cúspide da casa 1 é o chamado signo ascendente, fator importante do mapa, relacionado às características da personalidade do sujeito.

Os signos nas casas, a posição dos planetas no mapa e nas casas, o aspecto astrológico - relação geométrica - entre os planetas (por exemplo: se um planeta está a 1 grau de distância de outro planeta - dando a impressão de muita proximidade ao serem observados da Terra -, eles estão em conjunção entre si), aspectos entre os planetas e certos pontos importantes no mapa e outros elementos ou pontos do mapa estudados (roda da fortuna, nódulo lunar etc.) são relacionados a aspectos da vida e da personalidade do analisando.

Fonte: Wikipedia.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário