Australopithecus sediba - Um novo elo com a humanidade

Arqueológos encontram região da África do Sul (Sterkfontein) fósseis de quase 2 milhões de anos que podem estar ligados aos humanos.

Os fósseis pertencem a uma fêmea adulta e um rapaz com idade em torno de nove anos que viveu entre 1.95million e 1.78million anos atrás.

Os cientistas acreditam que o casal poderia ter sido mãe e sua criança, que entraram em uma caverna em busca de água, cairam em um poço profundo e morreram juntas.

São os ossos mais completos de qualquer ser humano ancestral ou "hominídeo" encontrado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário