Eros e Psique - A busca pelo desejo


Hoje estava pensando sobre a questão de como as pessoas desejam tanto as coisas e logo que conseguem alcaçá-las perdem o interesse pelo objeto do desejo. Antes de conseguir acabam fazendo tudo por algo, logo depois, o esforço parece não ter valido a pena.


O desejo nos escapa e a gente nunca consegue prendê-lo, pula de uma coisa para outra fazendo da nossa vida, quando desavisados uma incessante perseguição.

Tal pensamento me lembrou de um mito muito conhecido pelos amantes da filosofia, o de Eros e de Psique que é muito bem narrado no Livro O Asno de Ouro, porém, gosto muito da poesia  de Fernado Pessoa que fala do mesmo tema. Ah! Esses desencontros da razão e do desejo, tanto sofrimento e tanta busca para descobrir que são só um! Leiam a poesia.


"Eros e Psique"
(FERNANDO PESSOA)

Conta a lenda que dormia
Uma Princesa encantada
A quem só despertaria
Um Infante, que viria
De além do muro da estrada

Ele tinha que, tentado,
Vencer o mal e o bem,
Antes que, já libertado,
Deixasse o caminho errado
Por o que à Princesa vem.

A Princesa adormecida,
Se espera, dormindo espera,
Sonha em morte a sua vida,
E orna-lhe a fronte esquecida,
Verde, uma grinalda de hera.

Longe o Infante, esforçado,
Sem saber que intuito tem,
Rompe o caminho fadado,
Ele dela é ignorado,
Ela para ele é ninguém.

Mas cada um cumpre o Destino -
Ela dormindo encantada,
Ele buscando-a sem tino
Pelo processo divino
Que faz existir a estrada.

E, se bem que seja obscuro
Tudo pela estrada fora,
E falso, ele vem seguro,
E vencendo estrada e muro,
Chega onde em sono ela mora,

E, inda tonto do que houvera,
À cabeça, em maresia,
Ergue a mão, e encontra hera,
E vê que ele mesmo era
A Princesa que dormia.

2 comentários:

roberto disse...

me ajude a fazer uma conclusão da lenda de eros e psique,de 5 a 10 linhas,bem simples,obrigado.

Célio Roberto Pereira disse...

Psique é a mente e Eros o desejo, sempre que a mente acha que alcançou o desejo ele foge dela, há sempre uma busca incansável pelo desejo.

Postar um comentário