Tatuagens e seus significados - Flôr-de-Lis

A flor-de-lis é uma figura heráldica muito associada à monarquia francesa, particularmente, ligada com o Rei da França. Ela permanece extra-oficialmente um símbolo da França, assim como a águia napoleônica. Mas não tem sido usada oficialmente ao longo dos vários períodos republicanos por que atravessou este país.

A palavra lis, de fato, é um galicismo que significa lírio ou íris, mas também pode ser uma contração de "louis", do francês, Luís, primeiro príncipe a utilizar o símbolo (ficando assim "fleur-de-louis", ou "flor de luís"). Assim, a representação desta flor, e seu simbolismo, é o que os elementos heráldicos querem transmitir, quando a empregam sob as mais diversas formas. É uma das quatro figuras mais populares em brasonaria, juntamente com a águia, a cruz e o leão.

É o símbolo do movimento escoteiro, as três pétalas representando os três pilares da promessa escoteira e o apontar para o Norte em mapas e bússolas, mostra para onde o jovem deve ir, sempre para cima.

O primeiro emprego atestado de um ramo de lis foi em um sinete do príncipe Luís, futuro Luís VIII de França, em 1211. O ramo foi substituído em 1375 por três flores-de-lis. Atualmente, é representado de uma forma estilizada, amarelo sobre um fundo azul: azul com um ramo de lis dourado ou azul com três flores-de-lis douradas, na versão moderna.

A flor-de-lis tem pouco a ver com a "lis" que se encontra nos jardins (utilizado em heráldica sob o nome de "lírio de jardim"). É uma alteração gráfica da íris de marais ( Íris pseudacorus L. ou "íris amarela") que teria sido escolhida no século V, como atributo, por Clóvis I, após sua vitória na Bataile de Vouillé sobre os Visigodos, a oeste de Poitiers, e que encontra-se abundantemente sobre as margens do rio Lys e do Senne na Bélgica.


Flôr-de-Lis estilizada pela Heráldica


Iris pseudacorus





Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Flor-de-lis

4 comentários:

Ruh disse...

Queria o contato da ultima pessoa que fez a tatoo nessa pagina, tem como??

Célio Roberto Pereira disse...

Olá, infelizmente desconheço quem foi o artista.

: Rômullo Barros : disse...

essa flor também tem um contexto religioso? li algo relacionado à trindade: pai, filho e espírito. a base representa um único corpo resultante da união de três partes unidas por um vínculo infinito.

Célio Roberto Pereira disse...

Você tem razão Rômulo, existe essa interpretação, ela utilizada por exemplo, pela fraternidade Rosacruz.

Postar um comentário